sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Aventura em CDL

Fascinante!

     Talvez para muitos a palavra fascinante não faz sentido, quando o objetivo é descrever a Ciudad del Este. Porém faço uma analogia bem sem vergonha sobre uma aventura de 40º que estive fazendo essa semana.

     Sim o Paraguai e minha aventura foram realmente fascinantes, penso no sentido de como uma sociedade alternativa funciona de forma automática, é uma roda que gira, independente das pessoas aceitarem ou não.


     Lixo, desconforto, insegurança, sofrimento, super descontos, o consumismo no plano mais auto da vida.
     Acompanhei essa semana um grupo de pessoas que visitam o paraguai com o objetivo de lucro rápido. O contrabando é uma considerável fonte de renda, no Brasil e na Ciudad del Este.

"Tive oportunidade de ver coisas que não se fala nas escolas, faculdades, livros e televisão, mas coisas que todos sabemos como funciona."
                                                                                                     Lucas Zolet

     Fiquei aproximadamente duas horas intermináveis acompanhando a vida de um freteiro, de um passador, de taxista e de carregadores, dentro da Ciudad del Este. Todos muitos sorridentes, e acessíveis, fizeram questão de mostrar como se dá o cotidiano do seu trabalho, as alegrias e os desgostos.


"Não esperamos os brasileiros aqui em Ciudad del Este, os brasileiros é que esperam aqui, porque no Paraguai, encontram esperança de sobreviver dos produtos que compram"


                                                               Guto Cruz, Taxista de Ciudad Del Este



"O Paraguai é mãe de todos, aqui não existe as leis do Brasil e nem as leis do Paraguai, aqui fizemos muito melhor, aqui os négocios regem as condutas"


                                                  Hector Cardoso, vendedor em Ciudad Del Este



     No final do dia, simplesmente sobrou para mim, a possibilidade de refletir sobre tudo que vi e como as coisas através do tempo permanecem à margem das Leis, Justiça e Direito Internacional. Depois de muito relacionar e entender a dinâmica da Ciudad Del Este, fiquei com a sensação de que a cidade pertence ao Brasil.
Para todos que conhecem o jogo "Silent Hill", fica mais fácil compreender. "Ciudad Del Este é uma cidade brasileira alternativa, é a materialização do pior que se tem, aqui, em nossas cidades".
     A localização formal do lugar, que está além dos limites da fronteira, é apenas uma circunstância irrelevante, lá, encontrei todas as características do Brasil, pobreza, violência, corrupção, prostituição, descaso das autoridades, egoísmo, povo alegre, contrastes, luxo e lixo, sujeira, parceria, gente trabalhadora...e o melhor, ótimos descontos!

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Tragédia Vermelha "Não deu colorado"

O meu jogo hoje, não foi a derrota, nem foi ouvir gozações, muito menos sentir-me pior ou melhor pelo futebol.

Afinal, há muito tempo deixei de ver as relações esportivas do "Soccer" como sendo algo fundamental, mas de fato nós brasileiros desde crianças somos bombardeados pela mídia esportiva, e naturalmente desenvolvemos o desejo essencial pelo "futiba".
Como homem, brasileiro e gaúcho, fiz a escolha certa, e o Inter é meu clube, não por todas as derrotas que vi, mas sim por todas as vitórias que compartilhei.


Enquanto começava o jogo no Catar, começava o meu em Passo Fundo, estive participando de uma seleção de estágio, em um órgão do Poder Judiciário.
Como recebi vários pedidos para que o meu blog contasse com um artigo sobre a Tragédia Vermelha e devido ao fato de não ter visto o jogo, vou apresentar o texto dissertativo que fiz na seleção, boa leitura:

Legalidade e Justiça

    Os princípios no Direito Processual e Material, possuem uma função fundamental, proteger a justiça e seus processos.
    O Processo Legal, como princípio do direito processual estabelece a lei e seus elementos como fundamento e requisito indispensável, para proteção dos direitos e garantias em todas as ações do Poder Judiciário.
    O Direito ao devido Processo Legal e o Processo Legal ao Direito, são como as pessoas para uma sociedade, existem pela natureza de sua essência, a razão das suas características individuais se confundem, formando uma única compreensão do Direito como ciência, como ferramenta de igualdade social e como via de solução dos conflitos. Somente o respeito e a união do Processo Legal e dos procedimentos jurídicos, resulta em um sistema que defende leis e direitos.
    Se a busca pela justiça é constante e contínua, de fato ao Direito cabe promover o Processo  Legal em todas as situações, sem distinção, sempre tendo no horizonte a legalidade nas práticas jurídicas.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Trânsito, conflito e fim do mundo!

Sou um pedestre convicto, adoro caminhar, observar as ruas, edifícios, plantas, animais, céu azul, e pessoas se matando no trânsito....PARE! Isso mesmo, em Passo Fundo-RS o trânsito é de morrer, confusão, conflito, desrrespeito e perigo, são elementos que acompanham qualquer motorista que se aventura por alguns momentos nas ruas e avenidas da capital do planalto médio.

O fim do mundo vem chegando e como todo mal não anda só, com ele cresceu o desenvolvimento desenfreado, muitas lojas, comércios, escritórios, correria de legítima cidade grande. Mas de fato o número de veículos cresceu de forma assombrosa, motos por todo lado, caminhões, transporte público e caos. Com o aumento do poder aquisitivo adquirir o bem móvel, tornou-se necessidade e muitas pessoas agora são proprietárias de veículos, o que antes elas precisavam de 10 minutos caminhando, agora elas fazem em 15 minutos dirigindo, sim isso mesmo, o trânsito na cidade está "infernal" e atrasa nossas vidas...



Algo que deveria ser utilitário, que facilita-se o cotidiano, que as pessoas dominassem à favor do bem estar, acabou sendo subvertido em uma arma, arma de corrida, de afronta, de poder, de alienação.

Possuir um automóvel, é um sonho do brasileiro, acredito que a busca da qualidade de vida, passa por ter um bom carro e SABER ter. Saber ter é quando o motorista é responsável, equilibrado, cuidadoso, respeitador das leis de trânsito, pessoa humilde que dá valor a vida, nem rico nem pobre, somente ser humano com personalidade e atitude social.

Sem dúvida, o principal problema está nas escolas de trânsito, lugar onde o ensino é frágil. A legislação de trânsito é vencida por um sistema social que incentiva o desrrespeito e a "lei da vantagem". Um poder público que não tem gestão, sem planejamento a cidade cresceu à margem dos interesses comerciais, agora sofre de desordem e sujeira. Adaptar as cidades aos desajustes econômicos, esquecendo o direito das pessoas, ou, validar, juridicamente, a multa como solução, na ilusão de que esteja reprimindo a violência e os acidentes, equivale, na verdade, a reproduzir um sistema que não deu certo, sem que se tenha, expressamente, que admitir isto. Agravam-se as injustiças nos dias atuais, que correm livres sem o freio dos direitos socias, e sem que se apresente uma alternativa para a sociedade.

Agora, nada como ver pais, mães, advogados, doutores, pedreiros, varredores, fiscais, empresários, gente grande, gente pequena, garotas e garotos, educados e ignorantes, tem de todo tipo, cometendo infrações, e digo mais, imprudências, por pura arrogância.
Por favor pessoal, nossa vida vale muito, precisamos de saúde, vamos todos observar e promover a paz social e a cidadania, através do diálogo, da sensibilidade e da prosperidade, por nossos filhos, amores ou desejos.
Faça uma pessoa feliz, uma cidade melhor, confie, acredite, é possível, depende de você!

domingo, 5 de dezembro de 2010

Fala Garoto!

Devido à ultima postagem, " A Especulação É Uma Merda" recebi comentários indignados sobre minhas palavras.

Recebi dezenas de cartas de católicos, evangélicos, leitores, empresários, especuladores manifestando sua revolta contra meu "pequeno blog".

Mas bem, vamos colocar alguns pontos importantes:

1- Objetivo das postagens é sempre manifestar uma opinião polêmica e diversa das grandes elites e corporações, para produzir debates e críticas.

2 - Toda opinião contrária será respeitada desde que tenha fundamentos racionais e lógicos, caso o comentário não tenha, será efetivamente excluido.

3 - A opinião de todos é sempre importante e é de contribuição imensa no avanço da consciência social que todos devemos amadurecer. Comentários sempre geram novas idéias!

4 - Nenhuma postagem, fez referência a direito de personalidade e nem ligou qualquer acontecimento à algum sujeito de direito, a não ser eu mesmo.

5 - A argumentação é pilar fundamental de convicção escrita, por isso amigos, mais esforço pra me convencer.

6 - A liberdade de expressão, sobretudo sobre política e questões públicas é o suporte vital de qualquer democracia. Qualquer criança que pesquisar sobre especulação imobiliária vai ser informada sobre os danos sociais de sua prática.

7 - É muito interessante o fato de que certas pessoas se mostram nervosas com os comentários do Blog, pois isso demonstra justamente que o que estou escrevendo é verdade e que o "chapéu" serviu pra esses que estão brabos.

Fica um vídeo para reflexão! AleluJah!!

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

A Especulação é uma Merda

Ganância, arrogância, combinação fonética de astúcia e exploração. A Especulação Imobiliária é uma Merda.

No decorrer do texto abaixo estarei trocando a palavra Especulação por Merda, pra mim é a mesma merda.


Desculpa pelo palavrão, eu sei que é desconfortável, para os empresários e proprietários da região passarem os olhos em algumas frases e saber que o "zé ninguém" aqui critica sua fome de dinheiro.
Vamos ver se estou sendo claro, hoje meu amigo que é uma ótima pessoa (ótima mesmo), informou-me sobre uma nova forma de exploração imobiliária, através de seu lastro financeiro, teve a oportunidade de comprar uma casa que supostamente vale muitos 200 mil reais (aqui na minha cidade, quase tudo vale muito, muito, na verdade não vale nem metade, pura Merda), podemos dizer que ele é bem de vida, afinal, num país que 60 milhões de habitantes são considerados pobres, alguém que tem três casas, apartamento, carros, motos....é bem de vida né ? Mas claro, está certo trabalhou para ter, vivemos numa sociedade meritocratica!

Enfim, alguém que tem muitos imóveis, e agora essa casa que vai alugar, apenas R$ 1000,00 à mensalidade, mas claro né, casa com 3 dormitórios, e mais 10 minutos do centro da cidade, tem que valer, mas será que não é pura Merda ?

Certo tudo bem, todos tem direito de avaliar seu bem imóvel, mesmo que seja por Merda, mas o que não compreendo é a ganância e arrogância de não admitir a Merda e achar que é um preço justo. Palhaçada, isso sim é triste, milhões de pessoas vivem com menos de um salário, aí me aparece um aluguel de casa em um bairro, custando R$ 1000!



Brasil ainda tem Constituição, que manifesta a função social da propriedade, que não serve pra Merda nenhuma.............fiquei com vergonha e disse para meu amigo. Parceiro, muito salgado isso, segura a onda, obtive uma resposta bem tranquila, dizendo o seguinte: minha 3º casa vale muito, não quero jogar fora, porque se a imobiliária disse que vale é porque vale, e não é Merda.

Além de eu ouvir algumas alfinetadas sobre ser pobre e precisar de um teto e se obrigar à pagar, é cada resposta de chorar, de rir.

Enfim, coloco esse texto para as pessoas refletirem sobre a Merda imobiliária e quanto isso influência nos direitos sociais de moradia, meu amigo apenas quis dizer, que não tem nada com isso, quer a grana dele e fim de papo, o resto é resto!

Amigo, deixe de Merda em quanto é tempo, afinal, quem vive de Merda é o esgoto!